Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



1 de Abril

Segunda-feira, 31.03.08

Amanhã é o dia 1 de Abril – Dia das Mentiras.

É uma bela altura para pôr sal no açucareiro ou o açúcar no saleiro, é dia de pregar partidas para nos divertirmos.

 

As mentiras terão de ser inocentes e não magoar ou prejudicar os outros. A vítima tem de ser apanhada desprevenida, não estar à espera.

Vamos lá  ser criativos e inventar boas, credíveis e inocentes mentiras...

 

Diz-se que o bom mentiroso não cora, não se engasga e mente tão bem que ele própirio acredita na falsidade que está a contar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 17:29

1 ANO!

Quinta-feira, 27.03.08

Hoje estamos de PARABÉNS!

Este BLOG faz um ano!

 

Aos 7350 (sete mil trezentas e cinquenta) visitantes um muito OBRIGADA!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 12:59

Cova de Iria

Quarta-feira, 26.03.08

Em Fátima, rezei por ti.

 

Em Fátima, rezo por ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 10:46

IC3 - O Espartilho

Segunda-feira, 24.03.08

(Espartilho - definição no fim)

O Itinerário Complementar 3 (IC3) vai de Setúbal a Coimbra.
 
O estudo do impacte ambiental da construção do IC3 entre Tomar e Coimbra, esteve em consulta pública até ao passado dia 6 de Março.
 
Este lanço desenvolve-se com uma orientação sul-norte iniciando-se na Variante de Tomar e terminando após o atravessamento do rio Mondego, a nascente de Coimbra.

 
A extensão das Soluções 1 (linha a vermelho na imagem) e 2 (linha a azul na imagem), das Alternativas e das Ligações a Condeixa estudadas neste lanço, totaliza cerca de 200 km.
O IC3 terá um perfil de 2 x 2 vias, com uma largura total de 24,1 m. Nos trechos mais inclinados terá uma via de lentos.
 
Estão previstos 10 nós de ligação ao longo do traçado da Solução 1 e dez ao longo do traçado da Solução 2.
 
O projecto prevê três pontes, sobre os rios Corvo, Ceira e Mondego, e numerosos viadutos, em número variável com as soluções alternativas consideradas.
 
As vias intersectadas serão repostas através da construção de restabelecimentos, com secções diversas, e por passagens superiores, inferiores e agrícolas.
 
A conclusão do Projecto de Execução está prevista para meados de 2009, altura em que se iniciará a obra, a qual terá uma duração previsível de cinco anos, terminando em 2014.
 
Após a obra, a presença de grandes taludes de escavação e aterro representa uma importante e permanente alteração na morfologia que, de um modo geral ocorre com maior expressão nos traçados que se desenvolvem nas áreas mais a norte onde, de um modo geral, são atravessados terrenos mais acidentados.
 
Os impactes da fase de construção são em grande parte reversíveis e temporários, excepto a destruição do habitat, enquanto que na fase de exploração os impactes serão permanentes e irreversíveis, embora minimizáveis. O efeito de barreira será o impacte mais relevante na fase de exploração pois afectará a movimentação dos animais que ocorrem não só na área de afectação mas também da envolvente.
 
A qualidade do ar, na fase de construção, poderá ser afectada por emissões e reemissões de partículas resultantes, essencialmente, do funcionamento do estaleiro, da desmatação, da decapagem, da movimentação de terra, das actividades de britagem e do funcionamento de veículos e máquinas. Estes impactes serão negativos, mas localizados (até cerca de 100 m da via),temporários e passíveis de minimização, desde que tomadas as medidas recomendadas.
 
O efeito de barreira será reduzido por medidas já integradas no projecto, como a construção de viadutos e túneis, restabelecimento de estradas e caminhos. Em fase de projecto de execução serão reavaliados os restabelecimentos e definidos caminhos paralelos que contribuirão também para reduzir o efeito de barreira.
A Solução 1 (a vermelho) prevê a ligação ao IC8 - já construída na zona do Pontão. A Solução 2 (a azul) prevê a construção do nó de ligação ao IC8 na zona do Casal de Santo António.
Sou de opinião que a Solução 2 não será a melhor pelos impactes negativos que irá provocar como se lê nas linhas anteriores e também no que escreve a Quercus no seu relatório sobre o impacte ambiental da construção do IC3 e que vem reforçar esta minha opinião: “A partir do Nó de Avelar Sul a Solução 1 proposta coincide com a actual EN 110/IC3, o que de facto  apresenta ter mais lógica pois vai aproveitar o traçado existente na zona de Pontão, na freguesia de Avelar pelo que apresenta menos custos ambientais, reduz 650.000 metros cúbicos de escavação e aterro e ficará muito menos onerosa para o Estado, segundo o próprio Estudo de Iimpacte Ambiental têm menor custo de construção, da ordem de 32.000.000 euros (5 viadutos em 2,5 km).”
Além disso a construção desta variante com o nó de ligação, segundo a Solução 2, vem espartilhar a freguesia de Avelar que já se encontra condicionada e circundada pelo IC8 (linha amarela, na imagem) a nascente, pelo troço do IC3 já construído a sul, e que continuará lá, mesmo que seja construído o novo nó de ligação da Solução 2 (a azul) e ainda existirá o efeito barreira que irá prejudicar pessoas e animais, será a movimentação de terras, será o ruído, a destruição de floresta, a poluiçaõ trazida por mais trânsito e movimentação de terras, será ainda a diminuição da área geográfica da freguesia (linha a verde na imagem) que já não é muita... são, como se prova,  muitos os efeitos negativos que justificam o meu ponto de vista: é preferível a adopção da Solução 1 ( a vermelho na imagem), uma vez que já se encontra construída e cujos efeitos negativos já foram assimilados e já entraram na habituação das populações limítrofes, não havendo assim justificação para construir uma nova ligação.

“Espartilho” - Espartilho ou Corset é uma peça do vestuário feminino que dispõe de barbatanas metálicas e amarração nas costas. Essa peça tem como objectivo reduzir a cintura e manter o tronco erecto, controlando as formas naturais do corpo e conferindo a ele mais elegância." (definição da Wikipédia)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 12:22

Páscoa

Domingo, 23.03.08

Boa Páscoa!

 

Sabe como decorar ovos? Vá até aqui:

 

"http://www.youtube.com/v/c-tSY0v0VBw&hl=en"></param><param

 

 

 

Boa Páscoa!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Filomena às 11:01

A minha professora de hidroginástica

Quarta-feira, 19.03.08

Piscina Municipal de Ansião

A minha professora de hidroginástica é a M. Ela é espectacular, dinâmica, activa, alegre, entusiasta e cheia de criatividade. É uma óptima profissional.
 As aulas de hidroginástica, uma vez por semana, são sempre um espectáculo digno de ser visto, mas o melhor é ser participante. A classe de hidroginástica, de que faço parte, é formada por quinze senhoras de várias idades, que têm o prazer de realizar as actividades propostas pela M.  As aulas são sempre diferentes, muito activas e  com exercícios que nos permitem ficar bem dispostas e com vontade de voltar... Imagem da web

Passamos a aula a andar para frente e para trás, a saltitar, a balançar para todos os lados, mexer as pernas, os braços, usar “chouriços”, pesos, caneleiras, tudo em esponja levezinha (fora de água...) porque dentro de água é um esforço enorme para os utilizar...até cavalgamos cavalos imaginários... e tudo isto feito dentro de água, com música e sempre com a alegria e o entusiasmo da professora M.
A professora M. é fantástica... ela própria é um espectáculo...
Imagem da web

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 17:39

O grifo já nasceu!

Domingo, 09.03.08
 
Desde Janeiro que estamos a observar, em directo, a vida dos grifos nas escarpas do Tejo Internacional.
Há dois ninhos. Num deles um casal de grifos chocavam à vez um único ovo. O outro ninho tem sido disputado entre um casal de grifos e um abutre. 
A partir de hoje de manhã deixou de se ver o ovo e a agitação no ninho é muita: parece que já temos um grifinho.
Vá até aqui para ver os vídeos e talvez também consiga ver o grifinho... http://static.publico.clix.pt/grifosnaweb/default.aspx
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Filomena às 11:59

A comissária

Sábado, 08.03.08
Alguns agentes da PSP, que estão deslocados em Lisboa, vivem em condições muito precárias. Imagens inéditas da RTP, recolhidas no interior de uma das camaratas da polícia.
Veja o vídeo aqui:
http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=331153&tema=27
Se nestas instalações também lá estivessem mulheres a situação não seria de degradação. Basta comparar esta notícia com uma outra publicada no Jornal de Notícias de ontem,  em que se lê que a comissária Ana Maria Rodrigues com a ajuda do agente Borges e do agente Ferreira em vez de se resignarem, meteram mãos à obra e remodelaram as instalações velhas da secção da PSP de Chaves.
Com a ajuda da autarquia e de entidades locais conseguiram materiais, como tintas, colecções de azulejos que já não se vendiam, madeiras, cadeiras de café que já ninguém queria e a pouco e pouco viram um velho edifício húmido e repleto de tralha velha  transformar-se  numa esquadra com serviços administrativos, com secretaria, com espaços próprios de atendimento ao público e sobretudo com boas condições de trabalho.
As obras vão continuar, pois a comissária agora quer  acolher a brigada de trânsito e a brigada de investigação criminal.
No Dia Mundial da Mulher, a comissária Ana Maria Rodrigues, merece ser destacada.
Parabéns senhora Comissária!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 23:06

As orquídeas

Sábado, 08.03.08
Quando chega o mês de Março começa-se logo a pensar em dar uma escapadinha e ir fotografar as orquídeas selvagens. Todos os anos é assim.
Naquele ano também foi assim. Mas havia ainda um motivo bem forte, além das orquídeas: o E. R. tinha acabado de comprar um carro, lindo, brilhante, cheio de cromados  (claro que era da cor do clube do coração...) e tinha de ser comemorada esta compra. Está tudo combinado: experimentam o carro, almoçam e a seguir ainda há tempo para as fotos. Vão o S., o M.J., o R. e o N. e claro o dono da carro.
Mas os imprevistos acontecem e são o sal da vida... no meio de nada, no deserto, longe de tudo... o carro novo, a estrear,  pára...
Mas o que é isto? Um carro novo, pára assim, sem mais nem menos?... Uma marca boa, de confiança e pára...
Bem, agora fazer o quê? Telefonar, pedir ajuda... alguém tem de os ir buscar... e as orquídeas? Ah! Essas esperam. Ficam para a próxima...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 19:29








comentários recentes

  • Anónimo

    Olá Esmeralda.Tenho interesse na arvore, e nos seu...

  • Sílvio Barros

    Gostaria de saber se já alguém consegue arranjar-m...

  • Esmeralda

    Olá! Sou produtora dessa arvore e têm razão, o nee...

  • Jaime Trancoso vieira

    Olá boa noite, tenho acompanhado o blog e os comen...

  • Jaime Trancoso vieira

    Olá boa noite, tenho acompanhado o blog e os comen...

  • Batotinha

    Olá. Andava à procura de informação e sementes des...

  • MARCOS AVELAR

    Cara Dª Filomena,Sou brasileiro,descendo de portug...

  • Carlos Freitas

    Saudades.Grande treinadorPassei momentos muito fel...

  • Filomena

    Olá, Mena!Se quiser colher as sementes da árvore d...

  • mena

    Ola Filomena sosia de nome" ando aprocura da arvor...




subscrever feeds