Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Casamento

Segunda-feira, 30.06.08

  

Sé de Viseu

 

 

Igreja da Misericórdia

 

 

Banho de flores

 

  

Centro Histórico de Viseu

 

 

 

Fazer continência ao Bolo de Noiva

 

  

Amigas

 

Dançar a Valsa 

 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 14:19

Quando acaba esta "raça" de gente?

Quarta-feira, 25.06.08

 Tenho acompanhado uma família na resolução de alguns assuntos administrativos que vieram na consequência da morte do chefe de família. A viúva, senhora simples e de poucos recursos económicos, teve de se dirigir à repartição de Finanças, a fim de alterar os destinatários da sua herança e do seu falecido marido para si própria, filhos e netos. Preenchi-lhe alguns documentos, encaminhei-a para pessoas que lhe poderiam ser úteis naquilo que eu desconhecia… e entretanto passaram dois meses. Quando de novo a vi e lhe perguntei se já tinha tudo resolvido, encontrei-a muito desanimada. Já tinha ido vezes sem conto à Repartição de Finanças, porque sempre que lá ia faltava um documento e da última vez, disseram-lhe que um determinado documento estava incompleto e que teria de o completar. Lá a ajudei a completá-lo no que era possível e fui com ela às Finanças.

Chegou a nossa vez e a funcionária que os atendeu, olhou para o documento e disse logo: “Não está completo!” Pedi ajuda no seu preenchimento, pois havia ali termos técnicos que eu não conseguia decifrar. “Então dirija-se a quem sabe. Nós aqui só recebemos os documentos preenchidos e não podemos dar qualquer informação. Aliás, está tudo explicado nas Instruções”. Tornou a responder. Mas estas tinham ficado na gaveta aquando da entrega do impresso para preencher…
Bem, com bons modos lá lhe fui dizendo que a informação que pedia não estava nas instruções, que entretanto me entregou, que as instruções estavam em letra tão pequena que eram de difícil leitura, que a viúva tinha poucos recursos para poder pagar a um advogado ou a um solicitador, que eram apenas duas ou três informações que eu precisava…bem, a funcionária lá foi dizendo o que precisávamos…
E lá entregámos o documento que afinal serviu apenas para inserir os dados no computador e que a referida funcionária  fez ali à nossa frente… em menos de cinco minutos. Estivemos lá perto de uma hora (à espera de vez e a “namorar” a funcionária).
Porque é que ainda há pessoas destas na Função Pública? Será que não leram ainda a Carta Ética, que neste caso estava mesmo afixada na parede, em frente? Porque é que se tem de preencher um documento de difícil compreensão que apenas serve para copiar os dados para o computador (perguntavam directamente à pessoa interessada…). Porquê?
Nota: os 10 princípios da Carta Ética estão aqui, a negrito vão os que, na minha opinião, esta funcionária, não conhece, e talvez, os outros também não conheça.
 
1.Princípio do Serviço Público
Os funcionários encontram-se ao serviço exclusivo da comunidade e dos cidadãos, prevalecendo sempre o interesse público sobre os interesses particulares ou de grupo.
 
2.Princípio da Legalidade
Os funcionários actuam em conformidade com os princípios constitucionais e de acordo com a lei e o direito.
 
3. Princípio da Justiça e da Imparcialidade
Os funcionários, no exercício da sua actividade, devem tratar de forma justa e imparcial todos os cidadãos, actuando segundo rigorosos princípios de neutralidade.
 
4.Princípio da Igualdade
Os funcionários não podem beneficiar ou prejudicar qualquer cidadão em função da sua ascendência, sexo, raça, língua, convicções políticas, ideológicas ou religiosas, situação económica ou condição social.
 
5.Princípio da Proporcionalidade
Os funcionários, no exercício da sua actividade, só podem exigir aos cidadãos o indispensável à realização da actividade administrativa.
 
6. Princípio da Colaboração e da Boa Fé
Os funcionários, no exercício da sua actividade, devem colaborar com os cidadãos, segundo o princípio da Boa Fé, tendo em vista a realização do interesse da comunidade e fomentar a sua participação na realização da actividade administrativa.
 
7.Princípio da Informação e da Qualidade
Os funcionários devem prestar informações e/ou esclarecimentos de forma clara, simples, cortês e rápida.
8. Princípio da Lealdade
Os funcionários, no exercício da sua actividade, devem agir de forma leal, solidária e cooperante.
9. Princípio da Integridade
Os funcionários regem-se segundo critérios de honestidade pessoal e de integridade de carácter.
10. Princípio da Competência e Responsabilidade
Os funcionários agem de forma responsável e competente, dedicada e crítica, empenhando-se na valorização profissional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 18:34

Porque hoje é Domingo

Domingo, 22.06.08

Pai-nosso em aramaico

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 14:00

Voltei à escola

Sábado, 21.06.08
Ontem estive na festa de final de ano da Escola dos 2.º e 3.º Ciclos de Avelar, por convite do Conselho Executivo.
Gostei muito de lá ir.
Já quase não conhecia os alunos que deixei no 4.º, 5.º ou 6.º anos… Como eles cresceram!...
Gostei também de tornar a ver professores e funcionários que não tinha tornado a encontrar.
Gostei de ver as peças de teatro, as danças, as canções, as acrobacias, … que constituíram o espectáculo, sempre muito participadas e aplaudidas pelos presentes…
Gostei de saber que vários alunos desta Escola foram distinguidos com prémios em várias áreas: Teatro, Atletismo, Matemática…
E ainda recebi uma viçosa alface, cultivada na horta pedagógica, dinamizada por alunos e professores…

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 15:44

O Sol?

Quarta-feira, 18.06.08

  

 

                                                  O Sol anda lá no céu. Tão contente atrás da Lua

                                     Também trago a minha alma de castigo atrás da tua.

                                                

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 10:50

Os blogues na educação

Sábado, 14.06.08

Fui hoje até ao blog do prof. Domingos Oliveira, Teconologia e Educação, e encontrei lá um vídeo muito interessante sobre a utilização dos blogs ou blogues na Escola. Para os que ainda se mantêm cépticos no uso de mais esta ferramenta na Escola, aconselho-os a ver este video, pode ser que mudem de opinião...

 (O texto do vídeo está escrito em português brasileiro, aí está o Acordo Ortográfico...)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 17:48

Um vencedor (2)

Sexta-feira, 13.06.08

 A fazer o  tratamento de Gamma Knife

 

Salvador Vaz da Silva, o advogado que venceu muitos tumores malignos que tinha no cérebro e nos pulmões, e devido aos quais os médicos lhe davam seis meses de vida, no máximo, e que ontem, 5.ª feira, foi entrevistado pela Judite de Sousa, relata aqui tudo o que lhe aconteceu, tudo o que fez, tudo o que lhe fizeram, fala da força que teve, da força que lhe deram os amigos, e descreve na perfeição como é vencer o inimigo cancro.
Vale a pena ler o seu blog ou comprar o livro “A Catedral”, uma cópia do blog, que foi lançado no dia 19 de Abril e cujos direitos de autor são para ao Instituto Português de Oncologia.
Palavras do Salvador Vaz da Silva:  “Quero levar a outras pessoas doentes a minha história, mostrando-lhes que é possível vencer mesmo quando o quadro clínico nos condena a curto prazo. Cresci e aprendi muito, distingo com muito maior clareza o que tem e o que não tem importância nesta vida. Darmo-nos aos outros de coração, intervir pessoalmente onde podemos realmente fazer a diferença dando-lhes luz e amor, conforto, fé e esperança”

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 16:54

Cuida de mim (3)

Quinta-feira, 12.06.08
Tem em casa muitos sacos de plástico e não sabe o que fazer com eles?
Aqui tem uma solução que não vai poluir mais a nossa casa Terra, e a si, vai até ser-lhe muito útil.
A solução é fazer um saco grande ou pequeno, em crochet, e utilizando os sacos de plástico em tiras.
Aqui tem os modelos e o modo como fazer as tiras.      

 

 1. Cortar a parte de cima e a parte de baixo do saco.

 

 2. Dobrar o saco numa tira.

 

 3. Cortar em bocados de 2 a 3 cm de largura.

 

 4. Coloque um anel sobre o outro.

 

 5. Faço um nó.

 

 6. Agora é usar como fio de crochet. Usar uma agulha grossa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 17:31

Cuida de mim (2)

Quarta-feira, 11.06.08

 

- “Cuida de mim…” diz a nossa casa Terra.
Cuida de mim e não utilizes o saco de plástico, no supermercado, na padaria, na frutaria, onde quer que vás. Usa um ou mais sacos de pano!
Vamos pôr o saco de pano na moda!
Já pensaste na quantidade de sacos de plástico que anualmente se usam e deitam fora – duas mil toneladas!... e o plástico é um derivado do petróleo.
E quantos anos demoram estes sacos a decompor-se? São cerca de 450 anos. Uma eternidade!
Já viste a poluição que vais causar na nossa casa, a TERRA?
Porque não optas então por usar sacos de pano para transportar as compras? E há sacos tão bonitos…
 

 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 10:10

Cuida de mim (1)

Segunda-feira, 09.06.08

 

 

  

 

 

Diz o poste para a árvore:

 

- Encosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar
encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar

Chegado da guerra, fiz tudo p´ra sobreviver
em nome da terra, no fundo p´ra te merecer
recebe-me bem, não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói, não quero adormecer

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim

Encosta-te a mim, desatinamos tantas vezes
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
recebe esta pomba que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada, seja como for

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
em nome da estrada onde só quero ser feliz
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim
(Jorge Palma)

In http://diferentes.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Filomena às 11:38


Pág. 1/2








comentários recentes

  • Sílvio Barros

    Gostaria de saber se já alguém consegue arranjar-m...

  • Esmeralda

    Olá! Sou produtora dessa arvore e têm razão, o nee...

  • Jaime Trancoso vieira

    Olá boa noite, tenho acompanhado o blog e os comen...

  • Jaime Trancoso vieira

    Olá boa noite, tenho acompanhado o blog e os comen...

  • Batotinha

    Olá. Andava à procura de informação e sementes des...

  • MARCOS AVELAR

    Cara Dª Filomena,Sou brasileiro,descendo de portug...

  • Carlos Freitas

    Saudades.Grande treinadorPassei momentos muito fel...

  • Filomena

    Olá, Mena!Se quiser colher as sementes da árvore d...

  • mena

    Ola Filomena sosia de nome" ando aprocura da arvor...

  • J. Sobota

    Boa tarde e obrigado!




subscrever feeds