Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fernão Capelo Gaivota

Quinta-feira, 29.01.09

 

                             

Fernão Capelo Gaivota passou a noite em minha casa. Chegou já tarde e poisou, devagar, à frente da minha porta. Pelo pousar vi, logo, que vinha muito cansado. Nem força teve nas pernas para se erguer quando me aproximei. Agarrei-o com cuidado e fui colocá-lo a descansar numa cama especialmente preparada para ele.

No dia seguinte de manhã, quando o fui ver, estava na mesma posição em que o deixei. Mas estava vivo e pronto a cumprimentar-me com uma ligeira bicada. Era bom sinal.

Dei-lhe o pequeno – almoço, peixe fresco. Engoliu os bocados, à pressa e sem mastigar…

Continuou a recuperar as forças.

Afinal, chegou a tarde e nada de melhorar. Continua sem se aguentar nas patas, não  quer voar e não aceita mais comida…

Vamos ver amanhã como se encontra.

                       

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Filomena às 17:33








comentários recentes

  • Anónimo

    Olá Esmeralda.Tenho interesse na arvore, e nos seu...

  • Sílvio Barros

    Gostaria de saber se já alguém consegue arranjar-m...

  • Esmeralda

    Olá! Sou produtora dessa arvore e têm razão, o nee...

  • Jaime Trancoso vieira

    Olá boa noite, tenho acompanhado o blog e os comen...

  • Jaime Trancoso vieira

    Olá boa noite, tenho acompanhado o blog e os comen...

  • Batotinha

    Olá. Andava à procura de informação e sementes des...

  • MARCOS AVELAR

    Cara Dª Filomena,Sou brasileiro,descendo de portug...

  • Carlos Freitas

    Saudades.Grande treinadorPassei momentos muito fel...

  • Filomena

    Olá, Mena!Se quiser colher as sementes da árvore d...

  • mena

    Ola Filomena sosia de nome" ando aprocura da arvor...