Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Curiosidades do século XVII (2)

Quarta-feira, 21.01.09

(Continuação)

6.ª - Quem já esteve em Versailles admirou muito os jardins enormes e belos que, na época, não eram só contemplados, mas “usados” como vaso sanitário nas famosas baladas promovidas pela monarquia, porque não existia WC.
7.ª - Na Idade Média, a maioria dos casamentos ocorria no mês de Junho (para eles, o início do Verão). A razão é simples: o primeiro banho do ano era tomado em Maio; assim, em Junho, o cheiro das pessoas ainda era tolerável. Entretanto, como alguns odores já começavam a incomodar, as noivas carregavam ramos de flores, junto ao corpo, para disfarçar o mau cheiro. Daí termos Maio como o “mês das noivas” e a origem do “ramo de noiva” explicada.
8.ª - Os banhos eram tomados numa única banheira enorme, cheia de água quente. O chefe da família tinha o privilégio do primeiro banho na água limpa. Depois, sem trocar a água, vinham os outros homens da casa, por ordem de idade, as mulheres, também por idade e, por fim, as crianças. Os bebés eram os últimos a tomar banho. Quando chegava a vez deles, a água da banheira já estava tão suja que era possível “perder” um bebé lá dentro. É por isso que existe a expressão em inglês “don't throw the baby out with the bath water”, ou seja, literalmente, “não despeje o bebé juntamente com a água do banho”, que hoje usamos para os mais apressados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 20:26