Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Contrastes

Segunda-feira, 20.11.17

É na nossa Freguesia que as pessoas, aceitando o apelo da Junta, se juntam num sábado de manhã e pegam em vassouras, pás e sachos e vão limpar as principais ruas da Vila. Isto para tornar a nossa terra mais asseada e mais atraente e também para aliviar um pouco o insuficiente orçamento da Freguesia.

23621611_1977678249121756_8080633574453178919_n.jp

 

Mas é também na nossa Freguesia que há lixeiras ou estaleiros (?) a céu aberto junto a uma das principais ruas e que recentemente foram alvo de corte de mato e silvas e que agora se mostram em todo o seu “esplendor”… Quando é que isto acaba? O que podemos fazer para evitar que mais lixo ali se possa juntar?

Como podem coexistir os que limpam e os que sujam e poluem? Como é isto possível?

20171120_113026.jpg

20171120_113200.jpg

20171120_113425.jpg

20171120_113506.jpg

20171120_113848.jpg

20171120_113947.jpg

20171120_114051.jpg

20171120_114359.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 15:26

Uma boa solução

Quarta-feira, 25.10.17

Já temos Executivo e Assembleia na Freguesia de Avelar. Os elementos constituintes dos órgãos que vão gerir os destinos do Avelar nos próximos quatro anos tomaram posse no dia 24 de Outubro.

Já em Abril se preconizava esta solução política para a nossa Freguesia.

 Ver aqui : http://avelar.blogs.sapo.pt/a-gerigonca-95576

As eleições do dia 1 de Outubro não resultaram numa maioria: foram eleitos quatro elementos do PSD, três do grupo Avelar In, dois do PS e a CDU não elegeu ninguém. Os Avelarenses exprimiram, assim, a sua vontade, distribuindo os votos pelas quatro formações concorrentes.

No passado dia 18 apenas tomou posse o Presidente da Junta, Fernando Inácio Medeiros, eleito pelo PSD. E isto porque a lista que apresentou para o Executivo não foi aprovada pelos restantes elementos da Assembleia, houve necessidade de se entabular negociações com o objectivo de estabelecer um acordo para a eleição dos elementos da Mesa da Assembleia e do Secretário e do Tesoureiro da Junta.

Assim, depois do acordo, as votações deram o seguinte resultado: o Executivo ficou formado pelo Presidente Fernando Inácio Medeiros (PSD), pelo Secretário Pedro Silva (Avelar In) e pelo Tesoureiro Carlos Gertrudes (PS). Também a Mesa da Assembleia ficou constituída pela Presidente Dina Henriques (PSD) Carla Sandra Fernandes. (Avelar In) e Manuela Marques (PS).

Tanto a Presidente da Assembleia como o Presidente da Junta expressaram votos de sucesso e de bom trabalho nas respectivas funções ao serviço dos Avelarenses e irão lutar pelo progresso da nossa Freguesia.

A cerimónia de tomada de posse decorreu com a sala cheia, e esteve também presente o recém-eleito Presidente da Câmara de Ansião, António José Domingues,  que desejou os maiores sucessos aos empossados.

20171024_212703.jpg

Explicações do Presidente da Junta

 

20171024_213323.jpgContagem dos votos

20171024_213309.jpg

Contagem dos votos

20171024_213145.jpg

Leitura da acta

 

20171024_212930.jpg

Assistência - sala cheia

20171024_214023.jpg

Intervenção do Presidente da Junta

20171024_215157.jpg

Intervenção do Presidente da Câmara

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 12:06

Sonho ou realidade?

Sexta-feira, 01.04.16

Avelar é terra de polémicas. Há polémicas por causa das festas, há polémicas por causa dos jardins, há polémicas por causa do trânsito, há polémicas por causa das árvores dos passeios… estas últimas já são antigas. E porquê? A razão é simples: quando foram plantadas as árvores nos vários passeios da Freguesia, elas eram ainda muito pequenas e ocupavam pouco espaço.

20160331_111005.jpg

 

20160321_112441.jpg

 

Mas, os anos passaram, as árvores cresceram e as pequenas e finas plantas transformaram-se em grandes e frondosas árvores. Ocupam o passeio, levantam a calçada, interferem com os muros e com a passagem das pessoas… Embelezam as ruas, fazem sombra nos dias quentes e solarengos… mas são mais os inconvenientes que os benefícios (as fotografias comprovam isto mesmo).

20160313_114722.jpg

 

 

 

Então, os poderes autárquicos exerceram a sua função. Com a proposta do executivo e a aprovação da assembleia foi tomada uma decisão radical: acabar com o mal pela raiz (literalmente…): à medida que algumas árvores vão morrendo, secando ou sendo partidas não serão substituídas; algumas até já não foram podadas este ano; e as outras?! Ah! Essas vão ser arrancadas. Todas? Sim. Todas. E nada as substitui? Nada. No seu lugar vai ficar um verdadeiro passeio – limpo, liso, largo…

Será um sonho? Não. Vai ser uma realidade!

E assim irá acabar uma das mais antigas polémicas, ou talvez não…

20160321_114208.jpg

 

20160330_124315.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 09:14