Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Nim, outra vez

Domingo, 24.10.10

As flores de Nim, árvore de origem indiana, transformaram-se em bagas, que primeiro eram verdes e agora estão amarelinhas... prontas para serem semeadas e darem origem a novas árvores...

Aqui estão algumas prontas para serem enviadas para os Açores... Vamos ver se desta vez germinam... pois a percentagem de germinação é muito baixa.

Estas vagas vieram de Tomar, do estacionamento de uma grande superfície comercial. As sementes das árvores da minha vila ainda estão verdes...lá estavam amarelas, assim como as folhas da árvore que as deu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 21:11

Nim

Segunda-feira, 06.09.10

Sabe o que é o NIM?

 

É uma árvore que tem a sua origem na Índia e que pode ser usada no combate a algumas pragas dos nossos terrenos agrícolas.

 

Nas ruas da nossa vila existem algumas.

 

 Está na altura de colher as suas sementes verdes e semeá-las em vasos para depois transplantar e assim conseguir algumas árvores por germinação. Também podem ser propagadas por estaca.

 

A principal substância activa do Nim  é a azadiractina que age como um insecticida.

 

O número de espécies de insectos e pragas sensíveis ao Nim estudadas até 1995 ( Schmuterer) são cerca de 413 em todo o mundo. Além de insectos, o Nim controla várias espécies de nematóides e parasitas animais, tanto os vermes externos como internos e algumas espécies de fungos e bactérias.

 


É utilizada há mais de 200 anos na Índia para controlo de insectos e pragas -mosca branca, minadoura, carrapato, lagartas e pragas de grãos armazenados, nematóides, alguns fungos, bactérias, na medicina humana e animal, na fabricação de cosméticos, reflorestação, etc.

 


Pode – se utilizar as folhas, os frutos, as sementes moídas, em óleo, a casca e a madeira.

 


Os extractos de Nim actuam do seguinte modo:
1) impedem a alimentação dos insectos;
2) interrompem o crescimento do insecto por provocar distúrbio na ecdise (troca de pele dos insectos) ;
3) diminuem postura e matam os ovos dos insectos;
4) reduzem a população de nematóides fitófagos;
6) são fungicidas (controlam a ferrugem do feijoeiro, 95% de êxito com o extracto das folhas), inibem a produção de aflotoxinas ;
7) são bactericidas – inibem o crescimento de algumas espécies de bactérias.

 


Os produtos de Nim não provocam a morte imediata do insecto, mas a interrupção do crescimento e consequente diminuição da população da praga, enquadrando-se perfeitamente no conceito de cultura biológica.

 

Ler mais aqui:

 http://www.iac.sp.gov.br/Tecnologias/Nim/nim.htm

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Filomena às 20:38